Wednesday, October 31, 2007

de dar dó...


"Pablo Lezcano, um dos membros da igreja "a mão de deus", que honra Diego Maradona, mostra a imagem de maradona tatuada no peito depois de uma cerimonia de casamento no parque Leloir, na periferia de Buenos Aires, 29 de outubro, 2007. Dois casais viajaram do México até Argentina para serem casados perante o "Deus Maradona", nas vésperas do aniversário de Maradona, que marca o começo do ano 47 D.D. (despues de diego, ou "depois de diego") de acordo com os membros da "Igreja Maradônica", que vem celebrando o Natal dia 30 de Outubro desde 1999.
Não é pra apanhar muito um figura desses?? Melhor ainda: precisa apanhar todo mundo, isso sim...
----

(noticia original da reuters)
Pablo Lezcano, a member of "The Hand of God" church, which honours Argentine soccer star Diego Maradona, shows an image of Maradona tattooed on his chest after a wedding ceremony in Parque Leloir, on the outskirts of Buenos Aires, October 29, 2007. Two couples travelled to Argentina from Jalapa, Mexico, to get married before "God Maradona" in the eve of Maradona's birthday, which will marks the start of the year 47 D.D. ('despues de Diego,' or after Diego) according to the 'Maradonian Church' members, who have been celebrating Christmas on October 30 since 1999.

Tuesday, October 30, 2007

Love Beatles

Adoro os Beatles, tive minha época totalmente fascinada por todos os álbuns, era só o que eu escutava. No Natal do ano passado comprei um quebra cabeça pro Mauro chamado The Beatles Anthology 1. Nem sei porque. Achei que ele podia gostar. Tava fechado até ontem quando finalmente resolvi me empenhar em encaixar as 500 peças. Nunca montei quebra cabeça. Nem os bem fáceis. Hoje o Mauro me ajudou e disse que tenho que começar pelas pontas. Me lembrou um personagem do Jô Soares (no saudoso Viva o Gordo) que telefonava do orelhão (ainda tem orelhão?)pra um saudoso Telê (o Santana, técnico da seleção) e gritava: "Bota ponta Telê!". Era o apelo de tantos "técnicos de seleção" que a gente tem no Brasil, em época de Copa, pro Telê que insistia em não ter ponta na formação do time. Ah! Por falar em Copa, soube que o Brasil foi escolhido pra sediar a de 2014. Uau! Deixa eu parar. Esse post tá virando mais uma colcha de retalhos que um quebra cabeça. Depois tem mais.

domingo de chuva...

Saturday, October 27, 2007

a flor e as folhas...


... as folhas mudando de cor... é outono aqui...

Posted by Picasa

Friday, October 26, 2007

Post pra Bel


Romeu e Julieta, "o verdadeiro"

Bel,

Não sei se vai te abrir o apetite dessa vez mas ontem passei no mercado brasileiro em Astoria (NY) e comprei as seguintes guloseimas:


- Fubá
Pro marido fazer um bolo. Adoro bolo de fubá com côco. Infelizmente não tinha côco ralado mas só de pensar em bolo de fubá com um chazinho à tarde, nesse frio... nhami!!!


- Goiabada
Goiaba é fruta que eu acredito que seja totalmente desconhecida dos americanos. Nunca vi por aqui. O doce então, nem se fala.


- Leite condensado
Muito fácil. Basta fazer um furinho de um lado, outro de outro e "mamar" a lata inteira. Delícia prática e garantia de felicidade.


- Queijo de minas
Gosto de qualquer jeito - puro, no sanduíche, salada.
Mas dessa vez foi mesmo pensando em comer com a goiabada. Minha mãe sempre diz que o "verdadeiro romeu e julieta" é feito com queijo branco. E eu, sempre atenta às tradições, não poderia fazer feio, né?


- Doce de abóbara com côco
A gente tá na época de abóbora aqui. Tem de todo tipo mas não a de fazer doce. A mais comum é aquela de Halloween, sabe? Enfim, eu tava querendo fazer o doce, minha mãe até me passou a receita, mas ver o doce ali na prateleira, prontinho pra ser consumido... não resisti.


Bel, se vc também não resistiu... bom apetite!

No "fio do bigode"

Acabamos de chegar de NY, super aliviados. Viagenzinha produtiva, viu? Deu tempo de fazer tudo (ou pelo menos tudo que a gente fez, deu resultado). O mais importante é que resolvemos um problema com o Medicare (programa de auxílio financeiro do governo pra grávidas). Foi a primeira coisa que fizemos hoje. Fico sempre impressionada com o tratamento recebido. Alguém já viu repartição pública vazia? Não de funcionários (isso tem de monte no Brasil) mas de gente mesmo? Pois é. Chegamos lá confiantes que amargaríamos um bom tempo em pelo menos uma fila de espera. Que nada. Éramos os únicos e fomos atendidos por 3, isso mesmo, TRÊS funcionários. Em 10 minutos de conversa, dois deles se convenceram que éramos "eligible" para fazer parte do programa. Pronto. Saímos de lá com a promessa de que estava tudo resolvido e que em breve receberemos a carteirinha do programa.
Ainda me espanto como as pessoas aqui ainda se regem pela lei do "fio de bigode". Tive empresa por anos no Brasil e com ela a oportunidade de participar da falta total de compromisso das pessoas com o que é dito, escrito e assinado. E isso isso independente da classe social. Pra se livrar de uma obrigação o pobre no Brasil alega ignorância, a classe média se sente injustiçada e parte pra justiça e o rico nem liga. Não vai alterar a vida dele mesmo. Ninguém no Brasil se sente obrigado a nada que não seja muito bem documentado e, mesmo assim, um bom "jeitinho" acomoda tudo.
Tem mais pra contar mas agora estou com preguiça de escrever. Amanhã talvez eu continue. Boa noite.

um título

pra Priscila Whois:
"... o grego cruzou gibraltar
onde o nego tambem navegou..."

(mesmo porque estou falando grego com sua imaginação!)

Tuesday, October 23, 2007

Imortalizando a manta

O tecido que aparece no final do último post é uma manta indiana, pra cobrir a cama, que a gente comprou na semana passada, em Nova York. Fiquei encantada com a estampa e o Mauro finalizou o vídeo com ela, pra posteridade...

Monday, October 22, 2007

Cores


Essa é a primeira tela do Marco, presente da tia Pri. Tava esperando um quadro com cara de bebê, cores neutras, tons pastéis. Puf! Parece que eu não conheço minha irmã. E acho que justamente por isso, pela surpresa sem susto, que gostei ainda mais. Uma delícia de presente, afirmativo, a cara dela: cores fortes, vibrantes, alegre... quadro de gente feliz.

Parabéns Pri!


Os M&Ms chegaram pra te desejar toda felicidade do mundo.
Muitos beijos...

Saturday, October 20, 2007

Definindo a humanidade...

"Tem gente que gosta de farofa, tem gente que gosta de farofada".
(Gabriel, 4 anos, filho do Daniel e da Marina, prima do Mauro)

a bee is a bee is a bee...


“Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light, not our darkness that most frightens us. We ask ourselves, Who am I to be brilliant, gorgeous, talented, fabulous? Actually, who are you not to be? You are a child of God. Your playing small does not serve the world. There is nothing enlightened about shrinking so that other people won't feel insecure around you. We are all meant to shine, as children do. We were born to make manifest the glory of God that is within us. It's not just in some of us; it's in everyone. And as we let our own light shine, we unconsciously give other people permission to do the same. As we are liberated from our own fear, our presence automatically liberates others.”

Marianne Williamson, in "akeelah and the bee"

se as paredes falassem...



... demolição quase completa, vou começar a fazer as paredes do banheiro e dos dois quartos da parte da frente. É tudo feito de madeira (pra desespero do Afonsinho) e depois coberto com sheetrock, uma placa de gesso "sanduichada" entre duas folhas de papelão tratados contra mofo e fogo (bom, retarda fogo, não evita). É trabalhoso, mas simples - é só seguir a regra número um da marcenaria: measure twice, cut once. (meça duas vezes pra cortar certo da primeira vez) - e funciona mesmo: toda vez que eu vou me animando e meço uma vez só, acabo tendo que cortar duas vezes...

Thursday, October 18, 2007

Energia


Eu tava mesmo bem cansada. Mas agora depois de um café delicioso, com panqueca que o marido fez, tô nova. Disposta mesmo. Pronta pra uma looooonga sessão de TV... Deitada na cama, claro!

ready for snow...


... não vejo a hora de começar a nevar... aqui neva muito mais que em NYC, e eu ainda não enjoei. Ok, o motivo real é que o bronquinho ganhou 4 pneus novíssimos, off-road, e vai ser uma delícia andar com ele pela neve...
Chegamos em casa ontem a noite (bom, hoje lá pelas duas da manhã) - os pneus novos com a ajeitada na suspensão fez uma diferença enorme na viagem. O que foi ótimo, pois a neblina estava pesada, sempre bom sentir o carro agarrando a pista naquela curva que apareceu de repente na frente. Chegou uma hora que coloquei o GPS em zoom de 1/5 de milha, pra poder ver o desenho da pista que estava à frente, e já esperar a curva antes da hora. Cintia tomou banho, e depois assistimos "Californication" que estava gravado, uma série nova semanal com o carinha que fazia "X-files" (david duchovny) e Natascha McElhone, que eu acho de uma tirada genial. Cintia demorou mas agora ela gosta também. Resultado: fomos dormir depois das 4 da manhã. E a wifey ainda ronca...

Posted by Picasa

Wednesday, October 17, 2007

hoje a tarde, em astoria, ny, no restaurante brasileiro

Monday, October 15, 2007

Sunday, October 14, 2007

SP no NYT

Minha cidade foi capa do New York Times de hoje. Página de turismo, 36 horas em São Paulo que, pra Seth Kugel (autor da matéria), é uma cidade "feia e você vai amar". Fala do Masp, da Galeria dos Pães, do Rodeio na Haddock Lobo, do parque Ibirapuera, Mercadão Municipal, um bar que eu não lembro na Vila Madalena, do tradicionalíssimo Bar Brahma, da rua Oscar Freire, Largo de São Bento, entre outros. Quem quiser ver: http://travel.nytimes.com/2007/10/14/travel/14hours.html
É bobeira mas fiquei no maior orgulho. Sou saopaulomaníaca confessa. Gosto da cidade, sempre gostei.

Pensamento do dia



Será que os candidatos ao Nobel da Paz que perderam pro Al Gore ficaram muito putos da vida?
Pra quem não sabe:
Concorreram 181 candidatos, entre eles o presidente da Bolívia, Evo Morales, o ex-chanceler alemão Helmut Kohl e o monge budista vietnamita Thich Quang Do.

mini-video

Esfiha (dos dois) Imigrantes


pois é... quem não tem cão é mãe da invenção. Como aqui não tem habib's ou esfiha imigrantes, o imigrante que vos fala resolveu suprir a necessidade (mais um desejo, na verdade) da wifey que queria esfiha. O pior foi que quando eu disse: "quer esfiha do que?" (já fazendo a lista de ingredientes) ela "ah, quero de carne e de queijo, aberta e fechada, e quero kibe também!"... riiiiiight... ficou só no de carne mesmo... compilado de tres receitas - duas "originais" mesmo, que usa massa de pao sírio (a receita da sfiha, e da massa do pao) e uma mais brasileira, pois imaginei que esfiha "muito" sfiha não ia ter gosto de esfiha brasileira. Foi uma zona na cozinha, uma receita virando outra no meio, e no final, acabou sendo a invençao do mauro tatini mesmo, e pronto. Não botei muita fé no resultado. Não é que ficou com gosto de esfiha mesmo? oh, well...
(o shape é meio estranho pois eu nao tinha nada pra cortar a massa que nao fosse muito grande ou muito pequeno, entao fiz com a mao mesmo)

E um lanchinho, no final da tarde?

Posted by Picasa

Saturday, October 13, 2007

Que tal um cafezinho?


No começo da gravidez, não podia ver café na minha frente. O cheiro já me enjoava, pensar em tomar me dava ânsia. Um horror. Agora não. Estou cada dia com mais vontade de tomar café, cappuccino na verdade, que é minha paixão. Mas li muito a respeito dos malefícios da cafeína na gravidez e evito. Assim como só tomo remédio em último caso e mantenho uma relação distante com refrigerante. É bem pouco sacrifício pra um bebê que não dá nenhum, nenhum trabalho pra essa mãe aqui. Mesmo assim, se alguém souber de um novo estudo que libere o café pras "mommys to be", por favor me falem. :)

Arrumação

Tirei um tempinho hoje (nessa minha agenda lotada!) pra dar uma geral nas minhas roupas. A gente tem um armário pequeno mas em compensação tem um bom gaveteiro e só uma parte muito pequena do que eu tenho ocupa esses dois lugares. O resto está em malas ou no "storage". Fora que tem pouca roupa do Mauro aqui também então fica mais fácil pra guardar. Mesmo assim, eu sou desorganizada e tem uma hora que eu não consigo me achar mais na minha bagunça. É hora de arrumar. Uma delícia ver tudo organizado, arrumadinho. Tá certo que deve durar uns 3 ou 4 dias mas melhor alguns dias arrumado que nunca. Certo?

Friday, October 12, 2007

Um adeus


Ainda na faculdade, fomos eu e a Claudia entrevistar o Antonio Abujamra que estava com uma peça (O Contrabaixo, de Patrick Suskind) no Centro Cultural Vergueiro. Não me lembro se era uma entrevista pra faculdade ou pro jornal que eu trabalhava na época. Enfim, a peça era um monólogo maravilhoso, desses com a cara dele, irreverentes, rabugentos e intensos. Ao final do espetáculo, fomos entrevistá-lo. Logo nas primeiras perguntas senti que ele tava sem paciência praquela conversa.

- Abujamra, você é sempre mal humorado assim ou é pessoal?
- Se você tava procurando alguém bem humorado porque não foi entrevistar o Paulo Autran?

Amei a resposta, ele respeitou a pergunta, demos muita risada e, a partir daquele momento, fizemos uma entrevista gostosa e divertida. Divertida nos padrões dele, claro.

Só contei essa história pra falar do Autran, falecido hoje aos 85 anos. Assisti algumas peças com ele, todas maravilhosas e, apesar de nunca tê-lo entrevistado, sempre fiquei com essa impressão, de que ele era uma pessoa simpática, leve, sorridente... feliz.

Thursday, October 11, 2007


Pri e Gi: minhas irmãs, filhas, mães


Comentário da minha irmã, Gisleine, no post "da 'boca' da madrinha do baby":


Gisleine said
Minha irmã sempre me disse que tia é tia, madrinha é madrinha. Eu já sei que não serei madrinha MESMO só por isso. Bem, só quero ser a TIA-MAIS-LINDA-MAIS-MARAVILHOSA-MAIS-SIMPÁTICA-MAIS-LEGAL-DE-TODO-PLANETA. O resto, é resto.


Fia,
É verdade. Eu sempre falei isso. Tia é tia, madrinha é madrinha. Mas isso não se aplica a qualquer família. É uma coisa nossa, muito, muito particular. Acho que convidar alguém pra ser madrinha de um filho é uma demonstração de carinho, e vira quase uma obrigação quando se têm irmãos. As pessoas deixam passar tantas oportunidades de mostrar que gosta que, quando surge uma dessas (batizar um filho), se sente quase no dever.
O legal da relação da gente é que eu não preciso chamar você ou a Pri pra serem madrinhas. Vocês têm certeza do tanto absurdo que amo vocês. É sabido, sentido, falado, mostrado.
Pra mim, vocês são mais que tias do Marco. Pra mim, vocês são, como eu, mãe dele também. E mãe não pode ser madrinha, né?

Detalhes

Por favor atentem pro "X" cobrindo minha calcinha no vídeo do post anterior. Um clássico, imperdível.

video da semana

7 passos

Nosso filho costumava se mexer. Agora ele me chuta. Será que é um jeito dele se comunicar? Dizer que eu estou fazendo tudo errado? Talvez comendo errado, bebendo errado, falando errado? Talvez até pensando errado?
Como tá me sobrando tempo, fui procurar alguma coisa que pudesse me falar sobre esses chutes do bebê aos 5 meses e meio. No meio de um um monte de artigos desconectados, acho a seguinte preciosidade: "7 passos para se tornar uma mãe autoconfiante e sem culpa", artigo da Claudia. Típico.
Alguém pode me dizer se conhece alguém que realmente tenha se beneficiado desses textos/livros? Fico pensando que prefiro ter uma mãe cheia de culpas, questionamentos, tormentos que uma mãe leitora de livros de auto-ajuda.
É preconceito, eu sei. Fui defensora dos leitores de todo tipo de jornal na época que fazia faculdade. Detestava quem falava mal do público do Notícias Populares por exemplo que, na época, dizia-se que "espremia e saía sangue". E daí? Ler não é o que realmente importa?
Ao mesmo tempo tenho essa repulsa por livros de auto-ajuda e um enorme pé atrás com quem lê/gosta/consome esse tipo de literatura. Acho que é condicionamento. Só conheci gente boba (não encontrei um adjetivo mais adequado, confesso) que gostava desses livros.

da "boca" da madrinha do baby...

"Mostrei o filminho mais novo do blog de vocês para os meninos que acabaram de chegar da escola e quando apontei pra a barriga dizendo que ali estava o Marco, meu afilhado, ihhh foi uma gritaria só!! Você vai ser dinda? Você vai ser dinda? E ele é o que nosso, primo ou irmão? Hahaha Uma felicidade danada! Fiquei emocionada..." (juliana aquino)

--------------- L u c a -&- M a x ----------------

Wednesday, October 10, 2007

mais uma pra lista

conseguimos uma outra lava-roupas no ebay - por um dollar! coloquei o lance máximo como 31 dollares, mas ninguem mais deu lance, e o lance inicial era um dollar, entao ebay mantem o maximo que voce precisa pra ganhar, até o lance máximo. Vamos buscar essa semana, e vamos pagar os 31 dolares pro dono, que 1 dollar só é sacanagem... clique aqui pra ver o lance "ganhador"

Tuesday, October 9, 2007

Como fui esquecer?













Outro dia, num dos comentários, falamos a respeito de shows preferidos. Eu esqueci de House. Putz! Não sei como, a gente adora House.

Aquisição


Compramos hoje, pelo ebay, pra esse apartamento onde estamos. A gente quer alugar com todos os "appliances" e esse tá bem novinho, até com plástico ainda. Bonitinho, né?

Novos ares

Pra não perder o hábito, eu e meu marido hoje nos mudamos. Saímos do apartamento que estávamos e passamos pro do lado. Como estamos sem inquilino, achamos melhor vir pra cá pro Mauro ter mais liberdade na demolição das paredes, teto e sei lá mais o que. Daqui a pouco começa a fase também da colocação da "insulation", a divisão dos cômodos. Vai ficando mais difícil morar no mesmo lugar. Aqui é pequeninho mas ajeitado e, no fundo, o lugar que estávamos ocupando lá realmente era menor que esse. Agora já tá tarde pra fotos. Prometo pra amanhã.

Monday, October 8, 2007

Congelado


Tá definido. O bebê vai ter o cordão umbilical dele armazenado. O Mauro já tinha dado uma olhada nisso (http://www.corcell.com/) e hoje o assunto entrou na pauta. É incrível a quantidade de benefícios que uma atitude tão simples - e de certa forma barata ou, pelo menos, "pagável" - pode trazer no tratamento de linfoma e de outros tipos de câncer. Isso sem falar nos avanços que os estudos em célula tronco estão fazendo. A previsão é de que futuramente, através dessas células, possa se chegar a cura das seguintes doenças:
- Alzheimer
- Doença cardíaca
- Diabete
- Lupus
- Esclerose múltipla
- Distrofia muscular
- Parkinson
- Artriste reumatóide
- Derrame
- Danos na coluna

Columbus Day


Hoje (anualmente na segunda segunda-feira de outubro) é comemorado o Columbus Day. Um dos fatos históricos de maior importância no século XV foi o Descobrimento da América. Comandando três caravelas (Santa Maria, Pita e Nina), o navegador genovês Cristóvão Colombo chegou à América em 12/10/1492. Após este fato, a Espanha deu início à exploração do continente americano. Utilizando de muita violência, os espanhóis tomaram as terras e o ouro dos indígenas americanos (incas, maias e astecas). Happy Columbus Day!

cintia chorando...

... no vídeo diary de alguns dias atrás, ela começa dizendo "estou com cara de choro"... ok, o banheiro ainda não está terminado, e o quarto ainda não tem parede - mas nem foi por isso: a gente tinha gravado no DVR os ultimos dois episodios com o Dr. Mark Greene do E.R. (DVR é parte da caixinha de tv a cabo - tem um hard drive interno que grava até 80 horas de programas e filmes, ou 20 horas se for em HD - E.R. é em HD) - enfim, a gente decidiu assistir o episódio que passa no Hawaii, com a filha dele, onde ele morre. Cintia chorou de monte (pela segunda vez: já tinha assistido no Brasil) e depois a gente foi fazer o video. É isso.

(clique na foto para ler o texto)

curiosidade: a TNT daqui passa dois episódios de ER por dia, 5 dias por semana, das 10 da manhã ao meio-dia. Cada temporada americana de show tem aproximadamente 22 episodios (em alguns casos, até 26, mas nao passa disso) que se passam direto durante 22 semanas, e o resto do ano fica repetindo o que passou - isso quer dizer que a cada duas semanas e 2 dias, uma temporada toda passa pelo TNT - quando chega perto da temporada atual, volta tuuuudo pro começo de novo, temporada um, com direito a Doug (e sem Weaver!)... quem acha isso incrivel, considere isto: no mesmo canal passa Law & Order pelo menos 4 vezes por dia - de terça feira é "mini-marathon", quando passa uns 8 episodios, e de quarta e quinta, são 6 episodios por dia...

Sunday, October 7, 2007

errata

... no post sobre os "animais na estrada", eu ia usar a P.E.T.A. como referencia (people for the ethical treatment of animals, ou "pessoas a favor do tratamento etico dos animais") - mas aí ficava C.E.T.A. (cintia for the ethical treatment of animals) - e achei que nao ia pegar bem. Contei isso pra Cintia, que, claaaaaaro, adorou... eu devia saber: como meu pai dizia, "conheço meu eleitorado"... entao fica aqui a correção do post.


(curiosidade: alguns anos atras, quando ainda muita gente deixou "escapar" as oportunidades de pegar os dominios de internet antes dos outros, um grupo pegou "peta.com" e usou como acronym "people eating tasty animals" (pessoas comendo animais deliciosos) - o pessoal da P.E.T.A. oficial processou, mas nao deu em nada - tiveram que comprar o site do figura, por uma fortuna... a mesma coisa aconteceu com "jesus.com" - que um outro mané qualquer comprou, e se deu muuuuito bem: fez do site uma propaganda de si mesmo, procurando mulher pra namorar, ele vestido de branco, barbudo, etc - uma igreja que promove casamento entre homossexuais comprou o site dele por mais de 8 milhoes de dolares, embora ninguem saiba o valor total. Ele agora se encontra no "datejesus.com" - entre lá, e concorra a um banho de espuma com Jesus!)

Desejo do dia

Me deu muita vontade de comer frango de panela (bem temperadinho) que minha mãe faz, com arroz. De sobremesa eu queria pudim de leite mas quindim também seria muito bem-vindo.
Procurei uma foto de frango com arroz mas nenhuma me pareceu realmente apetitosa como a que tá na minha cabeça, que eu lembro de comer em casa.

Saturday, October 6, 2007

C.P.C.A.

ontem foi dia de Outback... meio que recompensa por trabalhos forçados, I guess. Nem tanto. Mas foi. Acontece que a gente esquece que estamos longe da "cidade que nunca dorme" (e até lá em NYC as coisas não ficam abertas tão tarde da noite como em sampa, mas isso já é outro assunto) - enfim, corremos pra pegar o restaurante aberto, que fica a 30 milhas daqui - por causa das estradinhas, uns 45 minutos, por mais que eu tente andar a 65 milhas/hora. Me armei de detetor de radar e GPS, e mesmo assim, não deu. Tudo bem, fomos no restaurante do lado, o "Chicago's Pizza UNO", e trocamos seis por meia duzia. Na ida, vimos um gambá atravessando a estrada - Cintia fica ainda muito encanada com o que o pessoal aqui chama de "roadkill": animais que morrem atravessando a estrada, principalmente no meio da noite - desde gambás (esses a gente sabe de longe, eles soltam tudo o que podem no ar ao serem atropelados, e fede meeeesmo!) até guaxinins e veados (os animais mesmo) - enfim, ela deu um grito (contido), eu diminui, o gambá passou, e se enfiou no mato...


Cintia: "que lindinho, todo pequenininho, um fofo!"




Mauro: (pensando) "please, deus, nao deixa ela querer levar o gambá pra casa"




Gambá: pessoalzinho chato, fica se meteno no que eu faço! (meteno mesmo, eles são caipiras)


Um pouco depois, alguns veados atravessaram a estrada, os olhos vermelhos pelo farol iluminando o escuro, a cintia viu um pouco atrasado, mas viu... "que lindooooosss!!!" (eu rezando ainda...)
Até aí, tudo bem. Fomos, comemos, voltamos... na volta, mais relaxados, levamos quase uma hora pra chegar em casa, dirigindo na boa... na estradinha mais perto de casa - uma com até menos movimento (se é que dá pra imaginar isso), o realmente inesperado: um veado deitado na estrada, na nossa pista. Chegamos perto, e ele nada - contornei o bichinho, e continuei. Confesso que nao diminuí muito a marcha: achei que já tinha sido atropelado e estava morto, ou quase - não queria que a cintia visse muito, contornei, continuei... mas não adiantou.

CINTIA: "a gente tem que tirar ele de lá, ele vai ser atropelado, volta, volta, volta!"
MAURO: "mas já foi atropelado, baby. Se nem se mexeu quando a gente passou por perto, é que está nas últimas!"
CINTIA: "mas volta, volta, volta... a gente leva num veterinario!"
MAURO: "..."
CINTIA: "volta, volta, volta!!"

Voltei. Sem muitas esperanças, mas antes o veado sofrendo que eu. Chegamos bem do lado - parei, abri a janela. Buzinei. Fechei um pouco a janela (eles são grandes e muito medrosos, geralmente reagindo quando se sentem acuados sem muita finesse - acho que são veados por isso, não por serem finos, mas por morrerem de medo - dizem que na maioria das vezes, eles morrem de ataque cardiaco por terem sido atropelados, e não pelo impacto - eles tem medo mesmo!) - enfim, ele olhou, olhou, sem se mexer... eu achando que era caso perdido mesmo... de repente, ele levanta, olha bem pra nós, e sai correndo pelo meio do mato escuro... é mole? Ainda não sei se ele tinha sido atropelado mesmo, ou o que aconteceu - mas que a CPCA salvou o coitado, salvou (aqui tem a SPCA - society for the prevention of cruelty of animals; eu tenho a CPCA - cintia for the protection of cruelty of animals...)

Friday, October 5, 2007

Um caldeirão sem Rolex

Li hoje a repercussão sobre o artigo que o apresentador Luciano Huck escreveu para a Folha de S. Paulo após ter sido assaltado nos Jardins, SP, e de terem lhe levado o Rolex. Nem vou me dedicar ao artigo propriamente porque não o li e prometi que não entraria no mérito Huck (sempre que falar nele vou lembrar de você Cá que bem poderia contar aquela historinha música/barulho pro pessoal desse blog). Mas os comentários falam por si.
Enfim, comecei a me desacostumar desse tipo de notícia em primeiro lugar porque Nova York é uma cidade com índices mínimos de violência (eleita no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, a capital mais segura dos EUA) e agora, é claro, por Edmeston. Minha única preocupação em não esquecer de fechar a porta de entrada (veja bem eu disse FECHAR e não trancar) é pra ter certeza que as moscas vão ficar do lado de fora.
O Huck está aqui, em Nova York. Veio lançar seu livro "Na Terra No Céu No Mar - Viagens de Aventura do Caldeirão do Huck".
Tomara que o assalto e essa experiência em particular em NY levem o apresentador a incluir consciência cívica no seu programa.
Essas notícias de violência sempre me entristecem muito e eu sinceramente não entendo como aqueles que podem pagar por sua segurança particular se acham no direito de reclamar pra si o que o governo não faz por ninguém. Assunto longo...



A foto acima é a do correio que fica a menos de uma quadra aqui de casa, acho tão bonitinho ali. A outra é de uma casa que está a venda, quase na esquina. Alguém se habilita? A gente pode tratar de tirar (não disse que tô numa fase de "tirar") a bandeira da frente.

Posted by Picasa


O peso na balança do lado mostra que, mais alguns dias, nem essa calça mais vai me servir. Só tenho duas agora: a do vídeo e essa. Pra quem já teve 80 calças jeans "servíveis", sem dúvida é uma adaptação. :)

Posted by Picasa

Quero tirar tudo

Hoje eu tirei. Tirei prego das madeiras (adorei essa profissão) e depois tirei o piso debaixo do carpete. Usei até joelheira, tô me sentindo super profissional. Será que tem alguma faculdade de "tiradora"? Não serve de "sarro" porque não quero concorrer com político. Principalmente se descobrem que eu sou brasileira, a concorrência fica muito desleal.
Recebi da minha prima Elisângela um vídeo da Salete Lemos que, pelo que eu soube, foi demitida da TV Cultura, em julho, dois meses depois de ter falado mal dos bancos e governo. Alguém sabe exatamente o que aconteceu? Os correntistas foram lesados de alguma forma? Não entendi, nem encontrei nada na Internet que me explicasse direito o que ela denunciava. Quem souber me escreva por favor. Quero tirar isso da cabeça.

Thursday, October 4, 2007


Wednesday, October 3, 2007

Sem noção

Não, eu não tenho noção do meu tamanho. Só em vídeo ou foto que eu consigo ver realmente como eu tô gordutcha. Tão estranho me ver desse jeito.
Ah! E sobre o post anterior, eu particularmente acho meu marido o homem mais lindo do mundo inteiro. E detesto que ele não apareça nos vídeos e fotos. Mas homem grávido é tão chato quanto mulher, melhor não contrariar. :)

video-diario


... vamos tentar fazer um video por semana, mais ou menos... só com a cintia, claro, que eu nao sou muito gatinho nao... mas assim dá pra todo mundo "acompanhar" a barriguinha... :o)

filmado pela cintia...

video

Um "cadim" pior


Marcelo, essa é pra você que me ensinou que sempre dá pra piorar.
Acabei de chegar do dentista, tomei anestesia (uma picada doloriiiiida), foram feitos mais 3 raios x e, pela conclusão do dentista, vou ter que operar também o dente que começou a doer agora. Ele disse que não viu nada de errado com o canal, não achou um quarto (que poderia ser o motivo da dor) e por isso tem que abrir pra verificar o que está acontecendo. O outro dente eu tenho duas opções:
01) Tirar
02) Tentar nova cirurgia
Mesmo assim ele pediu pra ver o meu histórico de raio x tirados no Brasil. Meu pai já enviou pelo correio, vou esperar pra marcar nova consulta.
Pra dor ele passou Tylenol, mas um de prescrição mesmo, pra dor de "macho", não esse mais comum que a gente compra sem receita.

Posted by Picasa

Podendo piorar...

Tenho dois canais tratados. O que fui ver na semana passada e o outro molar, exatamente o mesmo dente só que do outro lado da boca. E não é que esse começou a doer - e muito - de três dias pra cá? Tô a base de Tylenol e um gel anestésico que o Mauro comprou pra mim, Orajel. Daqui meia hora vou pra consulta e, ao contrário do que eu pensava, vou ver dois dentes e não um só. Que saco.

Monday, October 1, 2007

parece o neguinho...

clique na ultima foto do post anterior pra ver em "tela toda" - vale a pena. O rrefe parece o negritis, em positivo... (ou negativo... voces entenderam...)

As cabras e o chefe




Nunca vi um lugar tão organizado. E olha que eram muitas cabras. Culpa do chefe, super competente. Bastou a gente parar pra dar uma espiada, tirar umas fotos, que lá veio ele, latindo, alto, com uma autoridade que eu reconheço em poucos humanos. Olha só que encarada na terceira foto. (clicando nas fotos, elas são ampliadas... vale a pena)
Tenho impressão que o Nego ia se dar muito bem nesse trabalho, seria concorrido nas redondezas e ficaria muito rico. Embora a Twiggy tenha uma liderança inata, ela é uma preguiçosa e rapidinho ficaria amiga de todas as cabras. E nesse trabalho não tem jeito, as cabras têm que ter, mais que respeito, medo do chefe. :)
Curiosidade:
Balido. Esse é o nome que se dá pro som emitido pelas cabras, aquele conhecido "béééé".
Cintia também é cultura... inútil.

Posted by Picasa

Na churrascaria

Esqueci de contar. Na semana passada quando fomos pra NY, o Mauro me levou pra comer churrasco. Tava no topo da minha lista de "cravings". Pena que a gente tava com pressa, teve que comer rápido por causa da consulta no "birthing center". O bom é que além de ter matado a vontade de comer um montão de carne, ainda me lambuzei com pudim de leite. O Marco, viu? Que menino guloso... :)

Básico




Tomei vergonha na cara e comprei dois produtos anti "stretch mark", as famosas estrias. Tava me virando com óleo Johnson mesmo. Adoro aquele cheirinho depois do banho. O problema é que minha barriga coça muito e esses produtos ajudam a evitar a coceira também. Comprei pela amazon.com e chegou na última quinta-feira. Passo o óleo depois do banho e a "manteiga" da abelhinha durante o dia. Tenho tido menos coceira mas não sei se está mais hidratada que já estava com o bom e velho Johnson. Pelo que li, 90% das mulheres desenvolvem estrias durante a gravidez 'no matter what'. O bom é que eles têm um cheirinho gostoso, a pele não fica grudenta mas evitar mesmo nenhum produto garante.