Wednesday, May 14, 2008

explicando "o cabelao do meu pai"

A esposa é do tempo "pós-cabelo comprido": quando a gente se conheceu eu já tinha cortado tudo - foram 14 anos and change com o cabelo assim. Um dia, briquei que ia deixar crescer de novo. Ela: "voce acha que eu vou achar ruim? vou adorar!" - então pronto! Como é que eu posso deixar de fazer algo que ela vai adorar? Então esse é o projeto. Confesso que já tive vontade (váááárias vezes) de cortar tudo - mas estou segurando as pontas. Quem sabe eu consiga ficar assim de novo? :o)

1 comments:

Gisleine said...

Todos nós queremos ver o cabelão! Também acho bem legal, principalmente quem tem cabelo mesmo (meu marido, por exemplo, até tenta, mas as falhas na cabeça fazem o cabelo "pesar" e abrem ainda mais os buracos). Em cabeça de pouca telha, o melhor mesmo é deixar bem baixo. No seu caso, segure as pontas! Claro, a raiz e o resto também (ehehehe)