Saturday, September 1, 2007

the real deal...


... bom, não acho que eu seja "o máximo" - eu sou é exagerado, isso sim. Sempre que eu tenho que fazer algo que suporte alguem, eu exagero, e reforço tudo demais. Com isso a cama ficou bem pesada - eu podia ter comprado madeira mais fina, mas quis que fosse "forte"... oh, well... amanhã a gente compra o resto - comprei as madeiras com 8 pés de comprimento, e era pra ser 10 pés... não errei na compra, errei na hora de ler a etiqueta, e jurava estar comprando o comprimento certo... com isso, nao deu pra fazer o suporte das costas... mas pelo menos a esposa não precisa mais "levantar do chão", pra sair da cama - não ia dar pra esperar muito mais pra fazer isso, o baby não ia deixar...
(anexo a minha pseudo-planta da cama, sem as madeiras das costas)

Posted by Picasa

1 comments:

Gisleine said...

Mauro, como é que você consegue montar uma cama? E ainda com estrado fixo? Aqui no Brasil tem a cama e com o tempo o estrado vai dando uma empenada e vai fazendo aquele barulho característico (nheque, nheque)nos movimentos mais bruscos. Com o tempo nem precisa de movimentos mais bruscos para saber que está deitando na cama. Eu fiquei pensando que você poderia ensinar algo para o Nícolas, mas pensando bem, acho que você não teria paciência para esperar uns três dias só nas medições né? Aqui é assim, é devagar, é devagar, é devagar, é devagar devagarinho... By the way, essa música é do Martinho da Vila? Beijos e parabéns por toda a reforma e construções...